Sobre estar na minha pele

Me falaram sobre a saudade
dos olhares
os beijos
nos mares
o fogo
pelo ares
as bebidas
nos bares.
Esqueceram de falar que a saudade
não morre
que a saudade
consome
que a saudade
vive dentro de uma pele
que queria ser sua.

4 comentários:

N. Ferreira disse...

Lindo, triste e gentil... tudo ao mesmo tempo.

As Beliscas disse...

um dia a pele deixa de querer ser...

Fripe disse...

Saudade não é só poesia.
Saudade dói, machuca.
Se bem que a poesia vez ou outra também...

Analu Oliveira disse...

lindo e real. como tudo que vc registra aqui, xará. beijos,