.

Pode vir me ver em sonho
e gargalhar gostoso das minhas mancadas.
Chegar perto pra fazer vontade
com seu jeito manso de encostar nas minhas costas.

Pode jogar todo o seu encanto
no seu sorriso sem o menor recato,
ou fingir que brinca de se esconder
atrás da minha saia bordada.

Moça,
a gente vai ver que o amor vai chegar assim
brincando de poder com qualquer
feito de um dia comum.

Deixa o dia nascer, você vai ver,
e o amor vai balançar
como as ondas de um mar
que fala a sua própria língua.

7 comentários:

disse...

em mim, amor não chega.

Parece que ele só vai.
E, no meu peito, nem um nó fica para, ao menos, contar história.

Nobody Go. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
simone disse...

Humm, que lindo!
Tava sentindo falta dos seus textos.
Beijo, coisa linda.

disse...

Mais dia, menos dia, o amor sempre chega.

Bjo

Gabriela disse...

Sempre lindo...
mas muito ausente.

beijos

disse...

gostei mto do texto...
abração, ana
fatinha

Devaneios de uma Alma sem Dono.. disse...

Nossa lindissimo!